Metodologias Ágeis de Desenvolvimento de Software: entenda mais a respeito do assunto

Metodologias Ágeis de Desenvolvimento de Software: entenda mais a respeito do assunto

Para quem está buscando uma vaga no mercado de trabalho no segmento de TI, uma boa dica é ter um bom conhecimento sobre as metodologias ágeis de desenvolvimento de software. Afinal, elas estão sendo adotadas por muitas companhias em diferentes partes do mundo.

Uma prova disso é o estudo feito pela consultoria everis em parceria com a MIT Teach Review. De acordo com a pesquisa, corporações de grande porte do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e México aumentaram em 30% os investimentos em projetos com a filosofia ágil, desde 2017.

Esse indicador mostra como essa metodologia de desenvolvimento de sistemas está cada vez mais presente no dia a dia no ambiente corporativo. Neste artigo, vamos mostrar informações valiosas sobre métodos ágeis utilizados para a criação de softwares. Confira!

O conceito das metodologias ágeis de desenvolvimento de software

Para começar, precisamos dizer que é muito importante ter consciência de que a metodologia de desenvolvimento ágil consiste na construção de um sistema por meio de uma interação muito forte entre os desenvolvedores e o cliente.

Entretanto, para isso ser colocado em prática, é bastante positivo que os colaboradores mais novos recebam um suporte dos que estão há mais tempo na empresa. Cada vez mais popular no mundo corporativo, essa metodologia não prioriza somente agilizar os trabalhos, mas também entregar resultados mais expressivos para os clientes em curto prazo.

As metodologias ágeis de desenvolvimento de sistemas também se caracterizam por envolver profissionais de TI de diferentes áreas (infraestrutura e software). Assim, o trabalho se torna mais abrangente e com condições de atingir os objetivos de maneira mais rápida. Isso também se torna viável quando os gestores de projeto interagem com a equipe e clientes de forma simples e objetiva. 

Os principais tipos de metodologias ágeis de desenvolvimento de software

Há diversos métodos ágeis de desenvolvimento adotados pelas empresas. Com a intenção de ajudar você a estar mais conectado com as tendências do mercado do segmento de TI, vamos apresentar as metodologias mais aplicadas atualmente. Acompanhe!

 SCRUM

É uma das metodologias ágeis de desenvolvimento de software mais populares no Brasil. Ela se destaca pela simplicidade de implementação e por propiciar um acompanhamento bastante próximo do projeto.

Essa atividade é realizada por meio de sprints, que são etapas caracterizadas por haver um alinhamento entre a equipe e o cliente, para as novas fases do projeto serem executadas até a finalização.

Outro ponto positivo desse método é que os papéis dos participantes são muito bem definidos, o que dá segurança para os colaboradores atuarem com um maior foco em realizar as entregas com excelência. Vale mencionar que o SCRUM exige uma boa comunicação com o cliente para os objetivos de cada projeto serem concretizados.

MSF

Tem como fator marcante ser um dos métodos ágeis mais adotados para o desenvolvimento de sistemas com equipes reduzidas. Esse trabalho tem como meta diminuir riscos para o público-alvo e elevar a qualidade das soluções disponibilizadas.

Tal metodologia prioriza encontrar falhas comuns em projetos tecnológicos e eliminá-las com rapidez. Dessa maneira, são maiores as chances de sucesso nas entregas de cada fase.

Da mesma maneira que o SCRUM, o MSF tem um grande foco no gerenciamento do projeto. Por isso, tem como premissas o alinhamento com o cliente para traçar as metas, a estruturação detalhada do escopo, o desenvolvimento interativo, a gestão eficiente dos riscos e a rapidez na resposta às eventuais mudanças.

Lean

É uma metodologia que valoriza bastante a produtividade e se baseia em utilizar os recursos disponíveis de maneira racional, com foco na eliminação de desperdícios, aumento da eficiência e redução significativa dos custos.

Esse conjunto de fatores ganhou ainda mais força com o fortalecimento da transformação digital. Com a adoção do método Lean, há uma maior busca na eliminação de tarefas que não agregam valor ao desenvolvimento de sistemas.   

Por meio desse método, a equipe de TI terá uma gestão mais direcionada para oferecer soluções que geram um valor significativo para os clientes. Assim, é possível unir produtividade, economia e resultados expressivos de forma plena.

Extreme Programming (XP)

É uma das metodologias ágeis de desenvolvimento de software mais utilizadas atualmente. Criada na década de 90 por Kent Back, Ron Jeffries e Ward Cunningham, o XP tem como prioridades satisfazer os clientes e efetivar uma entrega incremental.

Em outras palavras, o método estabelece metas para desenvolver sistemas com agilidade e perfeição, buscando minimizar eventuais erros. Outra característica marcante do XP é visualizar o momento em que o público-alvo necessita da solução, o que é crucial para concluir as etapas dos projetos com redução de custos.

A metodologia também aborda a necessidade de os profissionais envolvidos aceitarem as mudanças e buscarem o trabalho em equipe para atingir os objetivos e garantir uma excelente performance.

Dynamic Systens Development Method (DSDM)

Intitulado em português de Desenvolvimento de Sistemas Dinâmicos, esse método foi criado, em 1990, no Reino Unido, a partir de iniciativas do consórcio DSDM, composto por especialistas e consultores em engenharia de software. Essa metodologia adota uma série de parâmetros, como:

  • Priorizar o desenvolvimento incremental, buscando a melhoria contínua das versões;
  • Consolidar a colaboração entre o cliente e o time de desenvolvimento;
  • Adotar a flexibilidade nas demandas;
  • Utilizar funções integradas.

Cada entrega do DSDM consiste em um módulo do projeto. À medida que os serviços são realizados, há uma integração entre as etapas finalizadas para a entrega do produto.

Kanban

Inspirado no modelo de produção da Toyota “Just in Time”, o Kanban se baseia em um trabalho interativo, com as atividades sendo desmembradas em pequenas partes. Essa iniciativa tem como meta evitar o retrabalho.

Outro aspecto positivo dessa metodologia é permitir que o cliente peça mudanças no projeto ao interagir com a equipe, sem haver modificações no cronograma das tarefas e no orçamento. Também vale reforçar que o Kanban, ao ser utilizado no desenvolvimento de sistemas, tem como principais vantagens:

  • Flexibilidade;
  • Diminuição do desperdício de esforço;
  • Elevada produtividade;
  • Crescimento da eficiência da equipe;
  • Mais foco da equipe por resultados.

Sprint

É uma das metodologias ágeis de desenvolvimento de softwares com mais adeptos no cenário atual. Nela, cada uma das fases de um projeto tem um prazo determinado para ser finalizada, que pode variar de duas semanas a um mês.

Os Sprints devem apresentar orientações e os parâmetros básicos a serem executados pelo time de desenvolvedores. Também é necessário fixar metas e determinar um ritmo mais acelerado na conclusão das tarefas, com o objetivo engajar o grupo e elevar a produtividade.

É bom destacar que o termo Sprint abrange a metodologia Scrum e consiste em uma etapa a ser concluída em um projeto. Por isso, tem uma grande importância para o bom trabalho da equipe de TI.

A Parafernália Interativa atua no desenvolvimento de sistemas, aplicativos e sites, buscando um elevado grau de usabilidade das ferramentas entregues. Dessa forma, a empresa trabalha para propiciar aos clientes um contato mais próximo com o público-alvo, o que é essencial para expandir as vendas.

Apostamos nas metodologias ágeis para desenvolvimento de software, porque acreditamos nesse recurso para motivar a equipe e superar as expectativas da audiência.

Se está interessado em conquistar mais experiência profissional, acesse o nosso site para enviar o seu currículo. Será muito bom ajudar você a trilhar uma carreira de sucesso no setor de TI!

Vamos começar a contruir um
Negócio digital moderno?

Entre em contato com NOSSOS CONSULTORES